terça-feira, 6 de junho de 2017

Largada histórica


LARGADA HISTÓRICA

Yuri de Lira

O Santa Cruz nunca começou uma Série B, nos atuais moldes, tão bem como agora. Vice-líder, visa manter este rendimento a partir das 20h30 desta terça-feira, contra o Goiás, no Serra Dourada. Montado para subir de divisão, o adversário figura no outro extremo da tabela, imerso na zona de rebaixamento. Para além de consolidar o momento positivo do campeonato, o Tricolor pode começar a abrir vantagem de pontos em relação a um oponente ainda cotado - na visão dos próprios corais - para a briga pelo G4.
A campanha do Santa em quatro rodadas elevou a confiança do elenco. Afinal, desde 2006, quando a Segundona passou a ser disputada em pontos corridos e com 20 clubes, a Cobral Coral não tinha uma largada tão positiva. O treinador Vinícius Eutrópio sabe desse dado. Diz que a manutenção dos últimos desempenhos se tornou uma motivação a mais para o grupo.
"Partimos de estaca zero no início do ano e ascensão vem continuamente. A esperança é nos fortalecer e manter os resultados", disse Eutrópio. O técnico festeja a fase do time após três vitórias e só uma derrota no Brasileiro. Mas considera o poderio de um Goiás que ainda não se encontrou na competição e acredita em um jogo equilibrado nesta noite.
"O Goiás tem tradição, tem um elenco forte. Quando se inicia a partida, a gente esquece (as campanhas)", ponderou o comandante. A equipe goiana ainda não ganhou no Serra Dourada nesta Série B. Nada que diminua o alerta de Eutrópio. "Jogar fora é obviamente mais difícil. Eles conhecem o campo e jogar em casa é sempre muito bom."
O retrospecto do Santa Cruz não deixa de animá-lo, porém. "O nosso momento é melhor, bem melhor. É um momento de confiança, em que a nossa equipe está se desenvolvendo melhor. Isso nos dá uma segurança, uma esperança de ir lá e buscar uma vitória", declarou.

Fonte: Diario de Pernambuco, Recife, 06/6/2017

Nenhum comentário: