domingo, 16 de abril de 2017

Santa Cruz 1 x 0 Salgueiro


SANTA CRUZ 1 x 0 SALGUEIRO

Mário Fontes

Foi difícil, mas saiu o resultado esperado pelo Santa Cruz. Diante de um Arruda cheio, o time tricolor venceu o Salgueiro por 1x0, pelo primeiro jogo das semifinais do Campeonato Pernambucano 2017.
Empurrado pela torcida, o time Coral foi para cima. O Carcará, na defensiva, abusava das faltas e tentava conter o ímpeto inicial dos donos da casa. Os visitantes tiveram boa chance com Ranieri aos 16 minutos, mas não conseguiram marcar. Já o Santa não evoluía, e Mondragón mal trabalhou na primeira etapa.
Mais nervoso, quem começou a parar o adversário nas faltas foi o time tricolor. Entretanto, os esforços do time do Sertão, mesmo melhor no jogo, não surtiam tanto efeito, apesar de terem dificultado o embate.
Os tricolores, por sua vez, melhoraram com a ida de Thomás para a ala-direita, e aí as chances apareceram. Halef Pitbull recebeu bom cruzamento de Tiago Costa, mas chutou para fora, na frente de Mondragón. Com isso, o primeiro tempo terminou igualado sem gols.
A segunda etapa começou melhor para o Carcará, mas logo o Santa Cruz começou a exercer a força do mando e pressionar. Aos cinco minutos, Tiago Costa tentou de fora da área e assustou Mondragón.
Aos 12 minutos, o mais esperado pela torcida tricolor. Tiago Costa foi derrubado na lateral da área por Marcos Tamandaré, e a árbitra Deborah marcou pênalti. Na cobrança, Anderson Salles deu a dianteira no marcador.
Depois do gol, o Salgueiro foi para cima. O técnico Evandro Guimarães promoveu mudanças no time para tentar igualar o placar. Porém, o goleiro Julio César pouco trabalhou. Do lado do Santa, Vinícius Eutrópio também mexeu, colocando Elicarlos e Léo Costa, que ajudaram a administrar a vantagem.
Sem levar perigo, o Carcará não conseguiu chegar ao empate. Com isso, a partida terminou com triunfo Coral por 1x0, levando vantagem para o segundo confronto.
O jogo da volta entre as duas equipes será realizado no próximo sábado (22), às 19h no Cornélio de Barros, em Salgueiro.
Vale lembrar que neste ano, a regra do gol marcado fora de casa não é válida. Em caso de empate no saldo de gols entre as duas equipes, a decisão será nos pênaltis.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ: Julio César, Vítor, Anderson Salles, Bruno Silva e Tiago Costa; Gino, David e Pereira (Léo Costa); Thomás, Éverton Santos (André Luiz) e Halef Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio.

SALGUEIRO: Mondragón, Marcos Tamandaré, Ranieri, Luiz Eduardo e Daniel; Rodolfo Potiguar, Moreilândia, Toty e Valdeir; Paulo Vitor (Jean Carlos) e Willian Lira. Técnico: Evandro Guimarães.

Local: Estádio do Arruda, Recife. Horário: 18h30. Árbitra: Deborah Cecília (PE). Assistentes: Fabrício Leite Sales e Francisco Chaves Bezerra (ambos de PE). Cartões amarelos: Éverton Santos, Vítor (Santa Cruz); Daniel, Moreilândia, Rodolfo Potiguar (Salgueiro). Gols: Anderson Salles (Santa Cruz, 12’ST). Público: 22.056. Renda: R$ 196.750,00.

Fonte: Folha de Pernambuco, Recife, 16/4/2016

Nenhum comentário: