sábado, 2 de julho de 2016

Bruno Moraes culpa Milton Mendes


BRUNO MORAES CULPA MILTON MENDES

Diego Borges

A derrota para a Ponte Preta, quarta em casa na Série A, foi um baque para o elenco tricolor. Mais que isso, o resultado serviu para evidenciar um clima de insatisfação para o atacante Bruno Moraes, descontente por não receber mais oportunidades entre os titulares.
Após o final do jogo, Bruno Moraes foi perguntado a respeito do motivo que causou a queda do time na tabela de classificação. Na resposta, o atacante foi enfático ao sugerir uma direção diferente para a pergunta. "Pergunta para o Milton, que é mais fácil."
Perguntado em coletiva sobre a declaração de Bruno Moraes, o técnico Milton Mendes evitou alongar-se no assunto e absorveu a crítica, colocando-se à frente da situação. "Mais vale ele passar a responsabilidade para mim", disse o treinador, ao comentar sobre o jogador. "Bruno foi vencedor conosco na Ferroviária e também aqui no Santa Cruz. É um jogador que tem na frente dele o Grafite. Vem de uma lesão, foram dois jogos fora, com uma tendinite, voltou agora e já jogou."
Milton Mendes seguiu tecendo elogios ao atacante. "Como treinador e como gestor, tenho que procurar ver as coisas sempre do meu ângulo. Tenho certeza que o Bruno é um garoto bom. Eu o respeito, tenho como um dos garotos que gosto muito, assim como todos os outros tenho uma relação boa. Os jogadores vão entrar em campo quando estiverem preparados e os que estão aqui é porque são considerados importantes dentro das condições do orçamento do clube", disse o técnico.
Referência na equipe no ataque e também uma das lideranças no grupo, Grafite evitou tecer uma crítica sobre a reação do companheiro. "Cada um tem a sua opinião. Sabemos que o momento é difícil e complicado e sempre aparecem algumas situações que vêm de dentro e de fora. Como capitão da equipe, não posso julgar ninguém, nem nada", disse o atacante, antes de colocar panos quentes para finalizar o assunto. "Vamos continuar fazendo o nosso trabalho. O Bruno tem as razões dele e é vida que segue."

Fonte: Diario de Pernambuco, Recife, 30/6/2016

Nenhum comentário: