quinta-feira, 23 de junho de 2016

Santa Cruz 0 x 1 Flamengo RJ


Fotografia de Anderson Stevens / Folha PE

SANTA CRUZ 0 x 1 SANTA CRUZ

Paulo Henrique Tavares

O até então equilibrado histórico de confrontos entre Santa Cruz e Flamengo, em duelos de Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro (de sete vitórias para cada lado), teve o seu desempate. Pior para os tricolores, que foram derrotados, nesta quarta-feira (22), no estádio do Arruda, pelo placar de 1x0. Sem seu goleador Grafite inspirado, os corais fizeram um jogo de pouco poder de reação. Com o resultado, os campeões do Nordeste caíram para a 14ª colocação, com 11 pontos. O próximo confronto será contra o Corinthians, às 21h de sábado, em São Paulo.
As alterações especuladas antes do jogo foram confirmadas pelo técnico Milton Mendes. Allan Vieira entrou na zaga, Leandrinho assumiu a cabeça de área e Daniel Costa foi o responsável pela criação de jogadas no meio de campo. De certa forma, a formação defensiva da equipe acabou prejudicada. Além de ter um lateral-esquerdo improvisado na zaga, duas peças do meio de campo não fizeram sua parte no combate aos atletas do Flamengo.
O início de jogo do Santa Cruz foi até animador. Em sequência, ótimas oportunidades surgiram nos pés de Keno e Grafite. A finalização, no entanto, deixou a desejar. Os adversários cariocas criaram poucas chances de gol. Apesar do domínio no meio de campo, não era muito comum vê-los dentro da área tricolor. A carta na manga surgiu em um chute de fora da área. Aos 14 minutos, William Arão foi feliz ao arriscar a jogada e venceu o goleiro Tiago Cardoso.
Após a vantagem no placar, o Flamengo preferiu assumir uma postura de pouca exposição defensiva. Assim, os espaços dados nas laterais de campo, costumeiramente aproveitadas pela velocidade de Keno, ficaram cada vez mais escassas. O jogo, então, ficou muito preso no meio de campo. O resultado de 1x0 foi mantido para o segundo tempo, mas o técnico Milton Mendes não demorou a modificar a sua equipe na volta do intervalo.
Daniel Costa teve apenas mais seis minutos em campo, antes de ser substituído por Lelê, então dono da condição de titular. A mudança contribuiu pouco para uma melhora tricolor no jogo. O Flamengo, por sua vez, pouco assustou a meta de Tiago Cardoso. No geral, o jogo caiu muito no segundo tempo. Ainda houve tempo para Grafite perder uma ótima oportunidade na reta final do segundo tempo, após bom lançamento de Wallyson.

FICHA DE JOGO

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vitor, Allan Vieira, Danny Morais e Tiago Costa (Roberto); Leandrinho (Wallyson), João Paulo, Daniel Costa (Lelê), Keno e Arthur; Grafite. Técnico: Milton Mendes.

FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Mancuello) e Everton (Fernandinho); Marcelo Cirino e Felipe Vizeu (Cuellar). Técnico Zé Ricardo.

Local: Estádio do Arruda, no Recife. Horário: 21h. Árbitro: Wágner Reway (MT). Assistentes:Eduardo Gonçalves da Cruz (Fifa-MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT). Gols: Willian Arão (aos 14 do 1ºT). Cartões amarelos: Lelê (Santa Cruz). Público e renda: Não divulgados.

Fonte: Folha de Pernambuco, Recife, 22/6/2016

Nenhum comentário: