segunda-feira, 28 de março de 2016

América-PE 0 x 0 Santa Cruz


AMÉRICA-PE 0 x 0 SANTA CRUZ

Mário Fontes

Sob o comando do interino Adriano Teixeira, esperava-se que o Santa Cruz melhorasse na partida contra o América, na Ilha do Retiro, nesta noite. Após 90 minutos, o que foi mostrado no gramado é que o panorama não mudou muito. Mesmo com novos comandantes no banco, a partida terminou empatada em 0x0. Muito pouco para uma partida que praticamente valia a vaga nas semi-finais do Campeonato Pernambucano 2016.
Em um primeiro tempo sonolento, as chances foram poucas dos dois lados. O Santa Cruz não acertava o último passe, sempre buscando Grafite no meio, partindo pelas laterais com Keno e Wallyson. João Paulo tentava armar o jogo pelo meio, mas encontrava dificuldade com a bem postada defesa do América. Já o Mequinha jogava no contra-ataque. Tendo Carlinhos Bala na frente, o clube da Estrada do Arraial apostava nos contra-ataques, mas assim como os tricolores, não fizeram o goleiro Tiago Cardoso trabalhar.
Aos 20 minutos da primeira etapa, vieram as duas melhores chances da partida. O Santa quase abriu o placar, quando Vítor cruzou pela direita e Grafite furou, cara a cara com Delone. Na sequência, novamente o lateral tricolor recebeu perto da área, e mandou novamente. Desta vez o atacante da Cobra Coral acertou o chute, mas a bola foi em cima do goleiro do América, que evitou a abertura do placar. Fora esses dois lances, apenas um chute de João Paulo aos 29 e uma falta cobrada pelo zagueiro do Mequinha, Paulo Márcio, que passou rente ao gol de Tiago Cardoso.
Logo no retorno para a segunda etapa, o América chegou com perigo com Odair Silva, que saiu cara a cara com Tiago Cardoso. O goleiro do Santa Cruz salvou e manteve o empate. O Santa também teve suas chances com Alemão e Wallyson, que chutaram perto do gol do Mequinha. A partida começou a ganhar mais velocidade, com o América mais leve, postado mais ofensivamente, e os tricolores explorando as laterais do campo.
Após as investidas tricolores, o jogo se equilibrou. O Tricolor do Arruda ainda tentou com Wallyson, mas o Periquito continuava fechado, além de contar com a falta de pontaria dos atacantes corais. As melhores chances vieram com Daniel Costa e Raniel, que pararam em Delone, seguidamente, aos 30 minutos da segunda etapa. A partir dos 35 minutos, o físico começou a pesar contra os alviverdes, tendo que se segurar em campo com as três alterações já feitas. Mesmo assim, o time esmeraldino segurou o resultado em 0x0.
Com o empate, o América permaneceu em quinto, com sete pontos, a três do Santa, que é o quarto com dez. A decisão ficará para a última rodada, quando o Mequinha enfrenta o Central em Caruaru, e os tricolores encaram o Sport no Clássico das Multidões, no Arruda. Os dois jogos serão no dia 10 de abril, às 16h.

FICHA DO JOGO

AMÉRICA-PE: Delone; Ricardinho (Dentinho), Yuri, Paulo Marcio, Danilo Cirqueira e João Victor; Danyel Nunes, Nunes (Alex Gaibú), Odair Silva, Thiago Laranjeira; Carlinhos Bala (Vitor). Técnico: Paulo Júnior.

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vítor, Alemão, Leonardo e Allan Vieira; Wellington Cézar (Daniel Costa), Uillian Correia, João Paulo, Wallyson (Leandrinho) e Keno (Raniel); Grafite. Técnico: Adriano Teixeira.

Cartões Amarelos: Wellington Cézar (Santa Cruz, 21'1T), Odair Silva (América, 3'ST), João Victor (América, 26'ST), Uillian Corrêa (Santa Cruz, 28'ST), Delone (América, 47'ST). Público: 1.148. Renda: R$13.500,00.

Fonte: Folha de Pernambuco, Recife, 19/3/2016

Nenhum comentário: