sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Santa Cruz 4 x 2 América-PE



SANTA CRUZ 4 x 2 AMÉRICA-PE

William Tavares

A vitória do Santa Cruz por 4×2 diante do América, no Arruda, não traduz o que foi o jogo válido pela terceira rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano 2016. O Tricolor foi o dono da partida durante os 90 minutos e poderia ter saído com uma goleada. Falhas defensivas e um aproveitamento baixo nas finalizações, porém, quase tiraram o primeiro triunfo do clube na competição. Com o resultado, o Santa chegou aos quatro pontos e assumiu a vice-liderança do Estadual, com quatro pontos. O América é o quarto, com três pontos.
Visando o jogo contra o Bahia, pela Copa do Nordeste, o técnico Marcelo Martelotte poupou cinco titulares: Vítor, Alemão, Daniel Costa (único relacionado), Raniel e Grafite. Os substitutos, respectivamente, foram Lucas Ramon, Neris, Dedé, Wallyson e Arthur. Os efeitos da mudança foram imediatos. Mais marcação no meio e mobilidade nas laterais. O Tricolor sufocava os visitantes. Aos 19, o América sucumbiu à pressão. Lelê deu passe preciso para Wallyson, que soltou uma bomba sem chances para Delone.
Com a facilidade de um jogo-treino, mas a seriedade de um duelo valendo os três pontos, o Santa não diminuiu o ritmo. A supremacia em campo era tanta que o técnico Charles Muniz arriscou: tirou o lateral-direito Da Silva e colocou Carlinhos Bala. No Santa, Arthur deixou o gramado com dores no joelho direito. Bruno Moraes foi o escolhido para substituí-lo. No primeiro toque na bola, o “general” do Arruda deixou sua marca, após cruzamento de Allan Vieira.
Excesso de confiança. Talvez isso explique o fato de a zaga do Santa não impedir que o baixinho Thiago Laranjeira subisse livre para testar firme no gol de Tiago Cardoso, diminuindo o placar no Arruda.
O início da segunda etapa foi idêntico ao da primeira. Sem alterações, o Santa voltou pressionando o América . Aos sete minutos, João Paulo recebeu de Wallyson e tocou na saída do goleiro para aumentar a vantagem. Os mandantes, porém, voltaram a repetir os mesmos erros de atenção na defesa. E um velho conhecido dos tricolores não perdoou. Cesinha dominou errado e a bola sobrou para Carlinhos Bala soltar o pé para fazer o segundo gol do Periquito.
No final do jogo, ainda deu tempo de dois jogadores tomarem cartão vermelho: Keno, pelo Santa, e Danyel, pelo América. Eles não viram o meia Daniel Costa, que entrou na vaga de Lelê, desperdiçar uma cobrança de pênalti que parou nas mãos de Delone. Nos acréscimos, Allan Vieira marcou o quarto gol e fechou a conta, decretando a primeira vitória do Santa no Pernambucano.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Lucas Ramon, Danny Morais, Neris e Allan Vieira; Wellington Cézar, Dedé e João Paulo; Wallyson (Keno), Lelê (Daniel Costa) e Arthur (Bruno Moraes). Técnico: Marcelo Martelotte.

AMÈRICA-PE: América: Delone; Da Silva (Carlinhos Bala), Danilo Cirqueira, Yuri e Ricardinho; Glauber (Carioca), Danyel, Tiago Laranjeira e Alex Gaibu; Ewerton Bala e Netto (Cesinha). Técnico: Charles Muniz.

Local: Arruda (Recife/PE). Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior. Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e Charles Rosas Pires. Gols: Wallyson (aos 19 do 1ºT), Bruno Moraes (aos 38 do 1ºT), Thiago Laranjeira (aos 42 do 1ºT), João Paulo (aos 7 do 2ºT), Carlinhos Bala (aos 23 do 2ºT) e Allan Vieira (aos 47 do 2ºT). Cartões amarelos: Wellington Cézar, Wallyson e João Paulo (S); Danyel, Glauber, Delone, Yuri e Alex Gaibu (A). Cartão vermelho: Danyel (A), Keno (S). Renda: R$ 49.240,00. Público: 5.511 pessoas.

Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, Recife, 10/02/2016

Nenhum comentário: