domingo, 24 de janeiro de 2016

Santa Cruz 3 x 1 Flamengo-RJ


Fotografia de Antônio Melcop

SANTA CRUZ 3 x 1 FLAMENGO-RJ

Clauber Santana

O Santa Cruz começou 2016 assim como terminou 2015: com vitória. Mesmo debaixo de um sol forte, em amistoso realizado no final da manhã deste domingo (24), o Tricolor venceu o Flamengo por 3×1 de virada, no Arruda, e conquistou a segunda edição da Taça Chico Science. O time carioca saiu na frente com Willian Arão. Grafite, de pênalti, empatou ainda na etapa inicial. João Paulo marcou o segundo tento e Arthur garantiu o triunfo nos minutos finais. A Cobra Coral terá mais um confronto antes da estreia no Campeonato Pernambucano. Na próxima quarta-feira, o adversário será o Botafogo/PB, em casa, às 20h30
O forte calor de 31º na capital pernambucana não atrapalhou os jogadores, pelo menos não no primeiro tempo, que teve uma intensidade até certo ponto surpreendente. Após dez minutos de ritmo lento, o Flamengo se soltou em campo e pressionou o Santa Cruz. Trocando passes desde a defesa, a equipe carioca chegou com perigo duas vezes. Na primeira, Alemão quase marcou contra. Em seguida, Tiago Cardoso salvou num forte arremate de Gabriel. Na oportunidade seguinte, o Rubro-negro não desperdiçou. Willian Arão recebeu de Guerrero e chutou, Tiago Cardoso tocou na bola e no rebote o próprio volante mandou para o fundo das redes.
O Tricolor teve muitas dificuldades, principalmente no meio-campo. Quando João Paulo começou a aparecer na partida, a equipe coral cresceu. O camisa 10 perdeu uma das melhores chances da etapa inicial ao mandar a bola em cima do goleiro Alex Muralha. Aos 44, coube a Grafite deixar o placar igual. O atacante sofreu um pênalti e foi para a cobrança. E, como manda o figurino, mandou no canto direito do arqueiro rubro-negro, que caiu para o outro lado e não teve a mínima chance de defesa.
Por se tratar de um amistoso de preparação para a temporada, os técnicos Marcelo Martelotte e Muricy Ramalho voltaram para o segundo tempo com várias substituições. O comandante coral realizou seis mudanças e manteve apenas Tiago Cardoso, a dupla de defesa, Wellington Cézar e João Paulo. Enquanto o flamenguista tirou todos os atletas de linha. Com novas escalações, o Santa Cruz recomeçou melhor e logo marcou o tento da virada. Aos sete minutos, Keno chutou na trave e no rebote João Paulo completou para o gol.
As entradas de Edson Kolln, Néris, Everton Sena, Dedé e Lucas Gomes completaram as alterações do Tricolor. Thiago Santos ainda substituiu Jajá na equipe carioca. Sendo assim, como era esperado, qualidade da partida caiu devido aos vários reservas em campo. O Flamengo teve mais posse de bola, buscou espaços no ataque na tentativa do empate, mas não conseguiu. Já nos acréscimos, o Santa Cruz anotou o terceiro gol com Arthur e fechou o placar.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso (Edson Kolln); Vitor (Lucas Ramon), Alemão (Néris), Danny Morais (Everton Sena) e Allan Vieira (Tiago Costa); Wellington Cézar (Dedé, Daniel Costa (Renatinho), João Paulo (Lucas Gomes), Lelê (Wallyson) e Raniel (Keno); Grafite (Arthur). Técnico: Marcelo Martelotte.

FLAMENGO: Alex Muralha; Rodinei (Pará), Wallace (César Martins), Juan (Antônio Carlos) e Jorge (Chiquinho); Márcio Araújo (Jonas), Willian Arão (Jajá) (Thiago Santos), Everton (Canteros) e Gabriel (Allan Patrick); Emerson Sheik (Mancuello) e Guerrero (Douglas Baggio). Técnico: Muricy Ramalho.

Local: Arruda. Árbitro: Gilberto Castro Júnior. Assistentes: Charles Rosas e Aldir Pereira. Gols: Willian Arão (22 do 1ºT), Grafite (44 do 1ºT), João Paulo (7 do 2ºT) e Arthur (46 do 2ºT). Cartões amarelos: Danny Morais e Lelê (Santa Cruz); Emerson Sheik e Canteros (Flamengo). Público: 15.858.  Renda: R$ 264.570,00.

Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, Recife, 27/01/2016

Nenhum comentário: