domingo, 29 de novembro de 2015

Santa Cruz 3 x 1 Vitória-BA


SANTA CRUZ 3 x 1 VITÓRIA-BA

Não poderia ter desfecho melhor para o Santa Cruz. Sem o peso de um confronto decisivo, o Tricolor pernambucano e Vitória fizeram, na tarde deste sábado (28), no Arruda, uma partida bem aberta, bem jogada e com boas oportunidades de gols para os dois times. Apesar das muitas chances desperdiçadas – sobretudo no primeiro tempo – a Cobra Coral bateu o Leão baiano por 3 a 1, com gols de Allan Vieira, Daniel Costa e Bruno Moraes. O tento do Leão foi marcado por Vander.

O JOGO

Atuando dentro de casa e com o apoio maciço das arquibancadas, O Tricolor pernambucano cansou de perder gols no primeiro tempo. Logo aos sete minutos, após boa troca de passes, Lelê recebeu na área, mas pegou mal na bola e mandou longe da meta do Rubro-negro baiano. O lateral Diego Renan era o mais perigoso do Vitória. Em uma de suas jogadas, ele tocou para Vander – livre de marcação – bater em cima de Tiago Cardoso. Grafite desperdiçou duas boas chances de abrir o placar. Na primeira, o atacante recebeu de Lelê, driblou o goleiro Fernando Miguel, mas bateu fraco na bola e Ramon tirou em cima da linha. Na segunda, ele bateu em cima do arqueiro baiano.
A blitz exercida pela Cobra Coral deu resultado aos 38 minutos. Após cobrança de escanteio, Allan Vieira cabeceou para o fundo das redes. O Arruda explodiu em alegria. O gol animou o time. Após confusão na área, Luisinho bateu na trave e desperdiçou a oportunidade de ampliar o marcador antes do intervalo.
As chances perdidas na primeira etapa não fizeram falta. Logo no início do segundo tempo, Daniel Costa cobrou escanteio com veneno, a bola desviou na zaga do Vitória e matou o goleiro Fernando Miguel. Os minutos que sucederam o segundo tento tricolor, foram de festa para a torcida. Dentro de campo, contudo, o ritmo caiu consideravelmente, nada que tirasse a alegria e a empolgação do público presente. Aos 37, Vander tratou de inflamar o jogo. Ele recebeu, driblou e acertou um belo chute, sem nenhuma chance de defesa para Tiago Cardoso. Dois minutos depois, porém, Raniel escapou pela esquerda, invadiu a área e foi derrubado. Bruno Moraes, o general do Arruda, cobrou com perfeição e fechou o placar.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vitor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, Daniel Costa (Renatinho), João Paulo, Lelê (Raniel) e Luisinho; Grafite (Bruno Moraes). Técnico: Marcelo Martelotte.

VITÓRIA-BA: Fernando Miguel; Diogo Mateus, Ramon, Guilherme Mattis e Diego Renan; Amaral, Marcelo, Flávio (Gabriel), Yan (Rafaelson) e Nickson; Vander. Técnico: Vágner Mancini.

Local: Arruda (Recife-PE). Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP). Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Ubiratan Bruno Viana (SP). Cartões amarelos: Amaral (Vitória); Bruno Moraes (Santa Cruz). Gols: Allan Vieira (38’ 1ºT) Daniel Costa (5’ 2ºT) Bruno Moraes (39’2ºT); Vander (37’2ºT). Público: 36.622. Renda: R$ 983.770,00.

Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, Recife, 28/11/2015

Nenhum comentário: