sábado, 28 de novembro de 2015

A força do nosso ataque


A FORÇA DO NOSSO ATAQUE

Yuri de Lira

Não bastasse o retorno à elite, o Santa Cruz pode fechar o ano também como um dos ataques mais positivos em todas as séries do Brasileiro. Apenas o campeão da Primeira Divisão (o Corinthians) e o atual vice (o Atlético-MG) balançaram mais as redes do que o Tricolor. Às 16h30 de hoje, no Arruda, o time se despede da Segundona enfrentando o Vitória. Para fechar a temporada com chave de ouro e terminar na vice-liderança, a torcida conta com os muitos gols que se acostumou nesta reta final do campeonato.
O ataque coral já desfrutava de números regulares, mas a sua média gols nos últimos cinco jogos - em que o time manteve um aproveitamento de 100% e se alçou a elite - acabou dobrando. Agora, está a apenas dois gols de ser o segundo time a mais vazar os adversários nos campeonatos brasileiros de 2015. Para tanto, precisaria ultrapassar o Galo, que tem um a mais, porém, mais duas rodadas a disputar.
Adversário tricolor, o Vitória vem de Salvador para brigar pela vice-liderança (e pelo consequente aumento de chances de participação na próxima Copa Sul-Americana) com um ataque também bastante produtivo. No entanto, o setor vai ser quase todo poupado numa partida que acabou ganhando mais contornos de celebração para ambas as equipes.

DEMOCRÁTICO E SOLIDÁRIO

Duas peças titulares do sistema ofensivo, Lelê e Grafite retornam de suspensão no Santa Cruz. Mesmo se não pudessem voltar, os reservas certamente dariam conta do trabalho. Foi assim durante toda a competição. O ataque efetivo tricolor tem sido “democrático”. Dezenove jogadores diferentes já fizerem gols. É também solidário. Com dez assistências, Luisinho é o atleta que mais serviu os colegas na Segundona - atrás só de Marcelo Toscano, do América-MG, com uma a mais. De quebra, o Santa é o quarto time que mais finalizou certo em todas as séries. Segundo dados do site Footstats, 193 - atrás apenas de Corinthians (201), Palmeiras (200) e Atlético-MG (199).

TIME

O Santa Cruz joga completo em seu último jogo na Série B. É certa a presença do meia-atacante Luisinho, que havia ficado de fora de dois treinos da semana por desgaste muscular depois da partida contra o Mogi Mirim, em Itu. Ontem, o jogador voltou normalmente aos trabalhos, foi confirmado pelo técnico Marcelo Martelotte e Raniel, portanto, continua na reserva do time.

OS MELHORES ATAQUES DOS CAMPEONATOS BRASILEIROS DE 2015

1º Corinthians, 70 gols, 1,9 de média; 2º Atlético-MG, 61 gols, 1,7 de média; 3º SANTA CRUZ, 60 gols, 1,6 de média; 3º Botafogo, 60 gols, 1,6 de média; 4º Palmeiras, 58 gols, 1,6 de média; 5º Vitória, 57 gols, 1,54 de média.

Fonte: Diario de PE, Recife, 27/11/2015

Nenhum comentário: