domingo, 4 de outubro de 2015

Sonhando com o acesso


SONHANDO COM O ACESSO

Pedro Galindo

Nove rodadas separam o Santa Cruz do capítulo final de uma das histórias de renascimento mais bonitas já escritas no futebol. Rebaixado à Série D em 2008, o Tricolor se vê pela primeira vez desde então no grupo dos quatro melhores da Série B - zona que dá acesso à divisão de elite nacional. Uma redenção para a instituição, mas um motivo de orgulho ainda maior para um jogador em especial.
"Eu cheguei aqui e o clube não tinha nem Série". As palavras não são de um titular do time. Mas são de um jogador que simboliza como ninguém a fase que o clube atravessa nessa reta final da Série B: Renatinho. Revelado pelas categorias de base corais, o baixinho viveu todos os altos e baixos enfrentados pelo Santa Cruz nos últimos anos. Agora, convive com toda a expectativa que o momento enseja.
Próximo como nunca de ver o Tricolor na Série A, o versátil jogador está cotado a ganhar um lugar entre os onze na partida contra o CRB. Posto que ele espera agarrar em definitivo. "Como o professor fala, não existem titulares. Existe um grupo e todos os jogadores vêm provando isso. E eu vou aproveitar a oportunidade para não sair do time", prometeu.
Renatinho revelou: já se pega idealizando o momento do acesso. "Às vezes, eu fico pensando em casa como vai ser no final do ano, com o acesso. Me sinto muito orgulhoso, muito honrado de ter feito uma trajetória dessa. Eu não tenho palavras para descrever isso, acho que só no momento é que vai abrir o coração e falar o que der vontade mesmo", comentou.

Fonte: Diario de Pernambuco, Recife, 01/10/2015

Nenhum comentário: