sábado, 10 de outubro de 2015

30 rodadas e 6 duplas de zaga


30 RODADAS E 6 DUPLAS DE ZAGA

William Tavares

Cinco jogadores, seis parcerias e uma improvisação. Mudanças por suspensão, lesão ou ordem técnica. A rotatividade no sistema defensivo do Santa Cruz não se encaixa em apenas um contexto. Em 30 rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o Tricolor já contou com seis duplas diferentes de zaga. A alternância entre os titulares ficou ainda mais acentuada com a chegada do técnico Marcelo Martelotte, que no último jogo precisou colocar um lateral na posição. Ser zagueiro no Santa é saber que, independente dos problemas, as oportunidades sempre vão aparecer.
No começo da Série B, ainda sob o comando do técnico Ricardinho, o Santa Cruz teve uma de suas parcerias mais duradoras na zaga: Danny Morais e Diego Sacoman. A dupla atuou junta da primeira até a sexta rodada. O “casamento” foi desfeito no jogo seguinte, com os dois atletas vetados por conta de suspensão – Sacoman foi expulso e Danny recebeu o terceiro amarelo.
Na sétima rodada, contra o Boa Esporte, o Santa estreou sua segunda dupla de zaga na Série B, com Neris e Alemão. O segundo agradou mais e permaneceu entre os titulares nas três partidas seguintes, ao lado de Danny Morais. Contra o Bragantino, já sobre o comando do técnico Marcelo Martelotte, Alemão fraturou o osso da face e só voltou a atuar na 20ª rodada.
Sacoman e Danny atuaram juntos novamente contra o CRB, na 11ª rodada, mas o primeiro foi expulso e impediu a sequência da parceria. Aí foi a vez de Neris ganhar espaço com o treinador. Na 12ª rodada, contra o Náutico, jogou ao lado de Danny. Contra o Atlético/GO, um jogo depois, trabalhou ao lado Sacoman – único confronto até o momento com essa dupla titular na defesa. Da 14ª rodada até a 19ª, a última do primeiro turno, o Tricolor teve Neris e Danny Morais protegendo a meta de Tiago Cardoso.
No returno, foi impossível repetir por mais de dois jogos a mesma dupla de zaga. Alemão e Neris jogaram juntos na 20ª, 22ª, 24ª e 25ª rodada. Danny Morais e Diego Sacoman só formaram uma nova parceria na 27ª rodada. Alemão e Danny começaram entre os titulares na 23ª, 28ª e 29ª rodada. Neris e Danny jogaram na 21ª e na 26ª. No duelo passado, o Santa montou sua sexta dupla de zaga diferente na Segundona: Sem Alemão, suspenso, e com Neris e Sacoman se recuperando de lesão, Martelotte foi obrigado a improvisar o lateral-esquerdo Marlon no setor, ao lado de Danny Morais.
O que os jogadores corais pensam sobre essa rotatividade? Para o zagueiro Alemão, o ideal é que essa alternância fosse cada vez mais raras. “Esse tipo de situação prejudica na hora de pegar entrosamento no time, ter uma sequência maior de jogos. Mas o importante é que, quando um sai, o outro que entra tem dado conta do recado”, revelou o zagueiro.

Fonte: Folha de PE, Blog de Primeira, Recife, 10/10/2015

Nenhum comentário: