quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Santa Cruz 3 x 1 Bragantino


SANTA CRUZ 3 x 1 BRAGANTINO

A ansiedade do torcedor tricolor em ver sua equipe pela primeira vez no G4 desta Série B do Campeonato Brasileiro terminou. E foi na 29ª rodada da competição, diante do Bragantino, nesta terça-feira (29), no estádio do Arruda. A vitória que deu este direito ao Santa Cruz poderia ter sido conquistada de uma forma mais tranquila. Muitas oportunidades acabaram desperdiçadas durante o duelo. E na reta final do jogo, Alemão ainda foi expulso. Mas o 3×1, com gol aos 43 do segundo tempo, acabou suficiente. Para alívio coral.
Seria até injusto com o Santa Cruz descer para os vestiários sem a tranquilidade da vantagem no placar. Inúmeras oportunidades claras de gol foram criadas pela equipe, que desde os primeiros minutos do jogo pressionou o Bragantino. Um adversário, inclusive, que chegou a levar perigo à meta pernambucana. Mas os sustos acabaram apenas proporcionados graças a falhas individuais do próprio time coral. O destaque negativo ficou para Wellington Cézar. Ofensivamente, no entanto, os 45 minutos iniciais foram tricolores.
Foram necessários apenas três minutos de jogo para a defesa paulista ser violada, após chute de Daniel Costa. Mas a arbitragem anulou o gol, assinalando toque de mão de Vitor. O lateral direito foi um capítulo a parte. Bastante participativo, chegou a fazer o goleiro Douglas trabalhar com finalizações, e bons cruzamentos. Mas o tento tricolor não saiu de seus pés. Aos 34 minutos, Luisinho fez um cruzamento, que encontrou Lelê livre na ponta esquerda. O jogador só teve o trabalho de escolher o canto e bater.
Por falar em oportunidades, Grafite fez uma partida longe do esperado. O jogador perdeu duas chances claras em ambas as etapas do jogo. Quando substituído por Bruno Moraes, foi vaiado. Coube, então, para outros atletas aumentarem a vantagem tricolor. Como foi o caso de Luisinho, aos nove do segundo tempo. Ele aproveitou uma bobeada da zaga do Bragantino e fez o 2×0. A comemoração, no entanto, foi curta. Alan Mineiro arriscou um chute de fora da área e venceu Tiago Cardoso.
O alívio pelo resultado positivo poderia ter chegado nos pés de Daniel Costa. Mas a bola que ele acertou na trave não entrou. A apreensão aumentou após Alemão ser expulso aos 31 minutos. Garantia apenas aos 43, com o gol de Bruninho. Finalmente, G4 conquistado.

SAIBA MAIS

CLASSIFICAÇÃO – O resultado deixou o Santa Cruz na terceira colocação da Série B, com 48 pontos. Pode ser ultrapassado ainda nesta rodada por Bahia e Paysandu, que entram em campo no sábado. O Bahia tem clássico com o Vitória, e o Papão encara o Atlético/GO, fora de casa.

FICHA DE JOGO

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Vitor, Danny Morais, Alemão e Allan Vieira; Wellington Cezar, João Paulo, Daniel Costa (Bruninho), Lelê e Luisinho; Grafite (Bruno Morais) (Marlon). Técnico: Marcelo Martelotte.

BRAGANTINO: Douglas; Alemão, Gilberto, Bonfim, Éder Lima; Renan (Conrado), Wigor, Chico (Rodolfo) e Alan Mineiro; Jobinho e Rodrigo Maranhão (Bruno César). Técnico: Wagner Lopes.

Local: Arruda (Recife-PE). Horário: 21h. Árbitro: Francisco de Paula dos Santos (RS). Assistentes: Carlos Henrique Selbach (RS) e Marcos Santos Vieira (AM). Gols: Lelê (aos 34 do 1ºT); Luisinho (aos 9 do 2ºT), Alan Mineiro (aos 14 do 2ºT), Bruninho (aos 43 do 2ºT). Cartões amarelos: Alemão, Lelê (Santa Cruz); Renan, Gilberto, Eder Lima (Bragantino). Cartão vermelho: Alemão (Santa Cruz)
Público: 14388. Renda: R$ 161.890,00.

Fonte: Folha de PE, Blog de Primeira, Recife, 29/9/2015

Nenhum comentário: