sábado, 26 de setembro de 2015

Raniel suspenso pela FIFA


RANIEL SUSPENSO PELA FIFA

O Santa Cruz terá um desfalque importante para a reta final da Série B. O meia Raniel, de apenas 19 anos, pego no exame antidoping por uso de cocaína no início da temporada, não deve mais atuar com a camisa tricolor até o fim de 2015. Isso porque, o atleta recebeu uma punição da Fifa, que ainda notificará o clube pernambucano sobre o caso.
No último dia 15, Raniel foi liberado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para voltar a atuar profissionalmente. Ele, inclusive, foi titular na vitória tricolor sobre o Boa Esporte por 3 a 1, em Varginha.
Depois, o jogador se envolveu em mais uma polêmica. Seu empresário reclamava de pendências trabalhistas do clube com o atleta, contudo ambos chegaram a um acordo. Mesmo com o desfecho positivo, o técnico Marcelo Martelotte decidiu não escalá-lo no jogo diante do Ceará, no último sábado (19), na Arena Pernambuco.
Em nota, o Santa Cruz alega surpresa com a punição imposta ao jogador, mas garante que tomará as medidas necessárias. Confira o texto na íntegra.

O Santa Cruz Futebol Clube recebeu no último dia 23 de setembro, com absoluta perplexidade, a comunicação da FIFA referente à punição imposta pelo Comitê Disciplinar da entidade máxima do futebol ao atleta Raniel.
Aos que fazem o Santa Cruz, causa completa estranheza essa punição adicional visto que, em nenhum momento, o atleta, o clube, a Federação Pernambucana de Futebol e a própria Confederação Brasileira de Futebol foram informados de quaisquer recursos interpostos ao Comitê Disciplinar e, muito menos, que um novo julgamento estaria ocorrendo em Genebra, na Suíça. Assim, ao atleta foi negado o amplo direito de Defesa, princípio presente em todas as esferas e instâncias da Justiça.
O documento do Comitê Disciplinar, assinado pela secretária-adjunta Alejandra Salmerón García, informa que a decisão de “banir mundialmente” Raniel por um ano, até a data de 22 de fevereiro de 2016, foi tomada em julgamento ocorrido no dia 15 de setembro de 2015, válida a partir do momento em que a CBF notificou o clube em 23 de setembro.
O Santa Cruz reafirma publicamente seu compromisso de permanecer prestando todo suporte financeiro, psicológico e emocional ao seu atleta Raniel Santana de Vasconcelos.
Por discordar veementemente tanto da forma com que o processo se desenrolou quanto da natureza da nova punição, com nítido potencial de aprofundar ainda mais as condições de vulnerabilidade social de um jovem de 19 anos, o Santa Cruz tomará todas as medidas cabíveis para reverter a decisão do Comitê Disciplinar da FIFA
.”

Fonte: Folha de PE, Blog de Primeira, Recife, 25/9/2015

Nenhum comentário: