sábado, 19 de setembro de 2015

Mais cuidado!


MAIS CUIDADO!

Yuri de Lira

Com a sua segunda suspensão cumprida por causa de cartão vermelho nesta Série B, Grafite fica de novo à disposição do Santa Cruz para enfrentar o Ceará neste sábado, na Arena Pernambuco. O atacante reconhece que apenas a sua primeira expulsão foi justa e avalia a arbitragem com rigor excessivo. Mas, esperando evitar ser desfalque novamente por questão disciplinar, o atleta garante que vai procurar ser mais prudente, até por que ainda está pendurado com três amarelos.
“Paciência. É passado. Tenho agora que ter a cabeça no lugar para não prejudicar a equipe nesta reta final de campeonato. Tenho a minha importância para a equipe e preciso me adaptar melhor a estas novas regras dos árbitros do Brasil”, falou Grafite, referindo-se a orientação da CBF para que os juízes sejam mais rigorosos com reclamação de jogadores. Foi justamente a sua expulsão por contestar o árbitro Charles Hebert Cavalcante Ferreira no jogo contra o Luverdense, no Arruda, que Grafite não concorda.
“Nessa última expulsão, eu acho foi um grande mal entendido. Apenas falei para o bandeira de linha que, contra mim, estavam dando tudo e, ao meu favor, não estavam dando nada. Fiz gesto, não foi obsceno nem nada, aí o juiz veio e me deu o segundo amarelo e consequentemente o vermelho. Perguntei o que tinha feito e ele disse que eu tinha feito um gesto. Foi totalmente fora do contexto. Essa expulsão não teve nada a ver.” Já o vermelho anterior, recebido diante do Paraná, em Curitiba, Grafite admite culpa. “Realmente, ali eu errei. Revidei uma agressão do zagueiro Castán e mereci ser expulso.”

Fonte: Diario de PE, Recife, 18/9/2015


Nenhum comentário: