terça-feira, 22 de setembro de 2015

De olho no G4!


Luisinho

DE OLHO NO G4!

Paulo Henrique Tavares

A vitória diante do Ceará, no último sábado, transformou em apenas dois pontos a diferença do Santa Cruz para o G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Já passadas 27 rodadas da competição, os tricolores nunca estiveram tão perto de entrar no grupo de acesso. Expectativa e ansiedade, a torcida com certeza já sustenta desde então. O mesmo não se pode falar de alguns jogadores corais, que descartam esse duplo sentimento. Por outro lado, o atacante Luisinho garantiu “foco, trabalho e concentração”.
“A gente sabe que é importante ganhar e entrar no G4. Mas o grupo sabe lidar com a ansiedade. Estamos bem com isso desde quando tivemos a certeza de que tínhamos condições de brigar pelo acesso. O objetivo é chegar o quanto antes no grupo de acesso. Ansiedade não terá. O que vai ter é foco, trabalho e concentração”, afirmou o atacante tricolor. O próximo compromisso tricolor na Segundona será sábado, às 16h30, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão.
Para conseguir ficar entre os quatro primeiros já nesta 28ª rodada, o Santa Cruz basta apenas vencer o seu compromisso. Isso porque os concorrentes Vitória e Paysandu terão um confronto direto, na Fonte Nova. Mesmo que apenas um ponto seja conquistado por ambas as equipes, os tricolores já terão o número de vitórias suficiente para ultrapassar pelo menos um dos adversários.
Apesar deste cenário, Luisinho reconheceu as dificuldades que o Santa Cruz enfrentará em São Luís. O Sampaio Corrêa está na 6º posição com os mesmos 44 pontos do Tricolor do Arruda. Mas a confiança ainda assim existe. “Vamos trabalhar a semana inteira pensando na vitória, em fazer um bom jogo lá. Sabemos que se houver vitória, praticamente entraremos no G4 porque haverá confrontos diretos. Então, é muito importante essa partida. Foco total nela para que a gente possa fazer um grande jogo e trazer os três pontos.”
Um reforço que a equipe terá para o encontro contra os maranhenses será o retorno do zagueiro Alemão. Já vislumbrando o confronto contra o Sampaio Corrêa, o jogador apontou um dos pontos fortes do adversário, e que precisará ser contido: a velocidade. “O time deles é perigoso. Tem Pimentinha, e o Sampaio joga muito em função dele. É um jogador rápido e habilidoso. Tem que ter cuidado. Tive oportunidade de jogar lá no Castelão em 2013. O campo é pesado, grande. Tem que estar com a bola para ganhar”, contou.


Fonte: Folha de PE, Blog de Primeira, Recife, 22/9/2015

Nenhum comentário: