segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Martellote aprova números do primeiro turno


MARTELOTTE APROVA NÚMEROS DO PRIMEIRO TURNO

Yuri de Lira

Mesmo fora do G4 da Série B do Brasileiro, o técnico Marcelo Martelotte fez um balanço positivo do desempenho do Santa Cruz no chamado “primeiro turno” da competição. O treinador, como não poderia ser diferente, espera mais na segunda metade do campeonato, voltando a vencer partidas longe de casa. Mas, para o treinador, o acesso está diretamente ligado ao aproveitamento nos jogos no Arruda - onde a equipe segue 100% no seu comando.
Martelotte mantém a ética. Não culpabiliza o antecessor Ricardinho, que treinou o Santa Cruz até a sétima rodada da Segundona e levou o clube à zona de rebaixamento, pelo insucesso na chegada ao G4 no fechamento do turno. Prefere destacar o trabalho que realizou para tirar o Tricolor das últimas posições e levá-lo à condição de postulante a subir de divisão.
“O nosso primeiro turno me agradou. Analisando todas as circunstâncias, principalmente o que a gente teve de início quando chegou no clube, era muito difícil ter esse aproveitamento em 12 rodadas”, disse o técnico. “Esse é o aproveitamento que a gente pretende manter”, emendou.
O treinador espera também seguir imbatível no José do Rêgo Maciel. Chave do sucesso, segundo ele, para o acesso. "Vencendo os seus jogos em casa, você sempre tem condições de se recuperar, de repente, de uma derrota fora e dá a chance de estamos sempre brigando pelas primeiras posições. É isso que vamos buscar contra o Macaé, na sexta, no Arruda.”

O desempenho do Santa cruz no primeiro turno

19 jogos/8 vitórias/4 empates/7 derrotas/28 pontos/48,1% de aproveitamento

O desempenho de Martelotte

12 jogos/7 vitórias/2 empates/3 derrotas/23 pontos/63,8% de aproveitamento

Martelotte no Arruda

6 jogos/6 vitórias/100% de aproveitamento

Fonte: Diario de Pernambuco, Recife, 16/8/2015

Nenhum comentário: