segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Ainda fora de forma


AINDA FORA DE FORMA

Alexandre Barbosa

Grafite passou 71 minutos em campo na sua estreia pelo Santa Cruz, na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo. Foi substituído no segundo tempo, já sem condições físicas de permanecer em campo. A volta aos gramados foi dura. O próprio jogador admitiu que, após o gol, sentiu as "pernas pesarem". A situação física do atacante é uma das preocupações do técnico Marcelo Martelotte. Por isso, o jogador será avaliado. O próximo jogo, contra o Mogi Mirim, no Arruda, já acontece nesta terça-feira. O intervalo é muito pequeno.
É claro que Grafite ainda está aquém da sua melhor forma física. Fazer uma previsão de quando o atacante poderá atuar os 90 minutos - contra o Botafogo ele foi substituído aos 26 minutos do segundo tempo - é algo com que Martelotte pouco se preocupa. Na verdade, ele atenta para a recuperação do jogador. "Mais importante do que pensar em jogar 90 minutos é ver a recuperação dele após os jogos. Nós vamos avaliar bem a recuperação, para ver quais são as condições de jogar. E não me preocupa o fato de ainda não poder jogar 90 minutos", analisou.
Grafite também é cauteloso ao falar sobre os próximos jogos. Mas garantiu que, apesar do cansaço normal, terminou a partida com o Botafogo se sentindo bem e até melhor do que imaginava. A diferença no estilo do futebol brasileiro foi algo ressaltado pelo atacante. "Estou me sentindo bem. Não estou tão cansado como esperava estar. Senti um pouco o ritmo. Aqui no Brasil é rápido, não estava acostumado mais com esse ritmo. Depois do gol, a perna estava meio pesada, a cabeça pensava em fazer uma coisa e a perna não correspondia", comentou.
O elenco do Santa Cruz se reapresentou neste domingo de manhã, no Arruda. A possibilidade de Grafite enfrentar o Mogi Mirim na terça-feira será avaliada, diante das condições físicas do atacante.

Fonte: Diario de PE, Recife, 09/8/2015

Nenhum comentário: