sábado, 4 de julho de 2015

Enfrentando o Bragantino


ENFRENTANDO O BRAGANTINO

Rômulo Alcoforado

Após um péssimo início na Série B, o Santa Cruz inaugurou um novo momento. A contratação do treinador Marcelo Martelotte e, sobretudo, o anúncio do acerto com um antigo ídolo, Grafite, resgatou a confiança do torcedor na equipe e a esperança no acesso à elite do futebol brasileiro. A lua de mel, no entanto, só vai durar se for acompanhada por vitórias. Hoje, às 16h30, a equipe vai a Bragança Paulista, visitar o Bragantino/SP, a fim de conseguir um feito que não alcançou ainda nesta Série B: vencer fora de casa. E, assim, subir na tabela e manter o astral lá em cima.
Sem poder contar com Grafite, que só estreia em agosto, Martelotte armou um time ofensivo para surpreender o “Massa Bruta”. A maior ousadia da escalação tricolor é Renatinho. Meia avançado de origem e muitas vezes usado como lateral, o prata da casa vai jogar de segundo volante.
Para compensar a conhecida dificuldade de marcação do jogador, o técnico vai repetir a estrutura do jogo contra o Sampaio Corrêa. Mas com mudanças nas peças. Além de Renatinho no lugar de Bruninho, suspenso, Marlon vai entrar na vaga de Lúcio na lateral-esquerda. Com características mais defensivas do que o companheiro, o ex-Salgueiro vai atuar como uma espécie de zagueiro pelo lado esquerdo. Seus avanços serão raríssimos. A função primordial é proteger os avanços de Renatinho e Lelê.
O jogador falou sobre a nova função. “Marcelo me conhece e sabe que gosto de apoiar o setor ofensivo. Vou precisar marcar, é claro, mas temos jogadores de mais pegada para fazer essa função. Apesar da posição, um pouco mais atrás, ele me deu liberdade para chegar ao ataque”, explicou. O treinador também comentou a inovação. “Ele já fez essa função na partida diante do Sampaio. Quando entrou, atuou com liberdade para jogar por dentro, tanto na questão ofensiva e na recomposição, que é natural para ele, porque até pouco tempo atrás ele atuava na lateral esquerda”, disse.
Essas não são as únicas alterações. Além delas, haverá uma mexida na lateral direita. Nininho sai do time para a entrada de Bileu, improvisado no setor. O volante Daniel Moradei, contratado há pouco tempo, foi regularizado e fica no banco. A tendência é que entre no decorrer do jogo – principalmente se o Santa Cruz sair na frente e precisar segurar o resultado.

Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, Recife, 04/7/2015

Nenhum comentário: