sábado, 6 de junho de 2015

Sandro se foi


SANDRO SE FOI

Yuri de Lira

Sandro Barbosa não é mais funcionário do Santa Cruz. Depois de divergências com Ricardinho, escancaradas à imprensa, ele deixou a coordenação de futebol do clube. O treinador exigia melhoras, insistentemente, na estrutura do clube, como o ínicio da construção do CT e uma concentração fora do Arruda, além do pagamento de salários atrasados aos atletas. Na concepção do ex-dirigente coral, o comandante estava alheio aos problemas financeiros encarados pelo Tricolor. Para evitar novos atritos com o técnico, embora já ameaçado no cargo, preferiu se afastar.
A oficialização da saída para o Superesportes veio por mensagem do próprio Sandro. “Saí”, limitou-se. Perguntado se queria explicar melhor os motivos de estar indo embora, negou. “Prefiro não falar nada. Agradeço a compreensão.” O desvínculo de Sandro antecipa a reformulação do departamento de futebol do clube, prometida pelo presidente Alírio Moraes em 12 de março.
Esta foi a terceira passagem de Sandro Barbosa no Santa Cruz. Em 2011 e 2012, foi auxiliar técnico de Zé Teodoro. Em 2013, assumiu o comando da equipe na Série C, mas não conseguiu engrenar o time e foi demitido para dar lugar a Vica - que acabou levando os corais ao acesso. Saiu chateado. Disse que não retornaria à casa, mas voltou ao Arruda no ano passado para assumir, justamente, a coordenação de futebol.

Fonte: Diario de PE, Recife, 05/6/2015

Nenhum comentário: