sábado, 27 de junho de 2015

Ainda sobre novos reforços


AINDA SOBRE NOVOS REFORÇOS

Yuri de Lira

Havia a expectativa de Grafite ser confirmado já nesta sexta-feira como novo reforço do Santa Cruz. Mas o presidente Alírio Moraes, tratando a transferência com complexidade, ratifica que a resposta do atacante só será dada na próxima semana. Com proposta para renovar com o Al-Sadd e com sondagens de outros times brasileiros, resta aos corais esperarem. Enquanto isso, a diretoria busca também outro jogador de renome para reforçar o grupo. E seria um estrangeiro.
"A ideia é trazer outro atleta de referência, de peso. Queremos reforçar ainda mais o nosso elenco. Pode ser, sim, alguém de fora do país", indicou Alírio Moraes, sem citar nome, posição ou a naturalidade específica do jogador.
Embora tenha conseguido verba com investidores para bancar a transferência (valores de "luvas" e premiações) dele e de Grafite, o presidente tricolor, porém, segue condicionando a vinda destas peças à ajuda da torcida para que os salários de tais atletas de renome sejam pagos sem traumas.
"Considerando que a gente consiga um contrato de um ano com estes jogadores, precisaríamos de uma média de 20 mil sócios em dia para pagarmos, sem problemas. Pedimos que os torcedores se associem e que mantenham um nível de frequência nos jogos do Santa Cruz", endossou o presidente. O Tricolor, vale lembrar, tem atualmente apenas 5 mil associados.
Especificamente sobre a vinda Grafite, Alírio continua otimista. Contudo, pondera e enxerga ainda como entrave a possível permanência dele no futebol do Catar. "Provavelmente, vamos ter uma resposta dele só entre terça e quarta-feira. É natural que um jogador estando vinculado a outro clube fora do Brasil e que tenha uma vida construída lá fora, demore para concretizar este projeto de retorno. Envolve questões familiares, patrimoniais...", declarou. "É um processo complexo. Fora a questão financeira, há uma discrepância daquilo que o seu clube lhe oferece com a nossa proposta. Agora, não há nada há fazer se não esperar", emendou.


Fonte: Diario de PE, Recife, 26/6/2015

Nenhum comentário: