sábado, 23 de maio de 2015

Sem aumento nas cotas televisivas


Presidente coral recebe Comenda João Havelange

SEM AUMENTO NAS COTAS TELEVISIVAS

Yuri de Lira

Alírio Moraes ainda não conseguiu aumentar o repasse das cotas de TV. Nesta quinta-feira, o presidente do Santa Cruz esteve em Maceió, onde participou de um evento da CBF e se reuniu com o nome maior da entidade, Marco Polo Del Nero. As conversas no encontro, porém, não foram suficientes para o Tricolor aumentar os valores que recebe pela transmissão dos seus jogos na Série B do Brasileiro.
Na capital alagoana, Alírio, mandatários de federações, de governos estaduais (Pernambuco foi representado pelo vice-governador Raul Henry), além de dirigentes de três times de cada estado da região estavam presentes a convite de Del Nero. Foram homenageados após uma palestra sobre modelo de gestão participativa e governança no futebol, que foi o mote do encontro.
Entretanto, Alírio Moraes, pelo menos por enquanto, não conseguiu o objetivo maior do Santa Cruz junto à CBF. "Ainda não houve novidade sobre o aumento dos repasses da nossas cotas de tevê. Mas a CBF sinalizou que está estudando ainda uma solução para o Santa Cruz", falou o presidente coral.
Atualmente, o Tricolor recebe apenas dez parcelas de R$ 53 mil da CBF, ao invés de R$ 300 mil - o valor proposto, em princípio, no contrato. Isso por que, na gestão passada, Antônio Luiz Neto pediu a antecipação dos valores que seriam pagos em 2015. A intenção do presidente era dobrar a quantia ou até chegar à casa dos R$ 200 mil.
O Santa, vale lembrar, já poderá fazer qualquer operação financeira com esse dinheiro proveniente da TV. As quantias estavam bloqueadas até o mês passado pela 12ª Vara do Trabalho do Recife, devido falta de pagamento de dívidas trabalhistas, mas os corais conseguiram reverter a situação ao pagar uma multa de R$ 600 mil no começo de maio.

Fonte: Diario de Pernambuco, Recife, 21/5/2015


Nenhum comentário: