sábado, 30 de maio de 2015

Santa Cruz 0 x 1 ABC


Fotografia de Flávio Japa/Folhape

SANTA CRUZ 0 x 1 ABC

Rômulo Alcoforado

O Santa Cruz queria a vitória, nesta sexta-feira, para se recuperar da goleada sofrida para o América/MG na rodada anterior. Para isso, mesmo com pouco público, tinha o Arruda a seu favor. Nada disso, entretanto, deu certo. O Tricolor voltou a jogar mal e foi derrotado pelo ABC/RN: 1 x 0. A campanha na Série B é fraca. Em quatro confrontos, só uma vitória e três derrotas. Há risco de zona de rebaixamento ainda nesta rodada.
Para este duelo, o técnico Ricardinho fez duas mudanças. Ambas nas laterais. Renatinho e Nininho deram lugar a Lucio e João Carlos.
A verdade é que os dois não atuaram bem. Nem o resto do time, na verdade. Por estar em casa, o Tricolor até tomou a iniciativa e tentou controlar a partida. Teve mais posse de bola, é verdade, mas não construiu nenhuma oportunidade real de gol. Apenas bolas alçadas na área ou chutes de longa distância. O ABC não criou muito também, mas aproveitou: aos 27, o atacante Kayke foi lançado nas costas da defesa, driblou Fred com facilidade e abriu o placar.
Na volta para o segundo tempo, Ricardinho mexeu. Saíram João Carlos e Pedro Castro, entraram Nathan e Emerson Santos. As alterações demandaram uma mudança tática. O Santa passou a atuar num 4-3-3. Anderson Aquino foi recuado para a meia, João Paulo deslocado para volante, Bruninho empurrado para a lateral-direita. O trio de ataque ficou com Nathan, na esquerda, Emerson na direita e Bruno Mineiro centralizado. Poderia dar certo, mas quem entrou não foi bem. E quem estava no campo permaneceu mal.
Aos 18, o meia do ABC Ronaldo Mendes ainda decidiu ajudar. Foi expulso infantilmente no meio-campo e deixou sua equipe com um a menos.
Nem assim a Cobra Coral melhorou. Sem criatividade, nenhuma amplitude, desprovido de profundidade e com pouca movimentação, o time de Ricardinho não conseguiu pressionar em momento algum. Só teve mais presença porque, em determinado momento do jogo, ficou com cinco atacantes de origem (Waldison entrou no lugar de Bruninho) em campo. Mas não foi capaz de evitar a derrota. Mais uma.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ: Fred; João Carlos (Nathan), Diego Sacoman, Danny Morais e Lúcio; Bileu, Bruninho (Waldison), Pedro Castro (Emerson Santos) e João Paulo; Anderson Aquino e Bruno Mineiro. Técnico: Ricardinho.

ABC: Saulo; Reginaldo, Sueliton, Leandro Amaro e Lima; Fábio Bahia, Dedé, Ronaldo Mendes, Wellington Bruno (Maurício) e Fabinho (Bruno Luiz); Kayke (Erivelton). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Árbitro: Luiz Cesar de Oliveira Magalhães (CE). Assistentes: Samuel Oliveira Costa e Renan Aguiar da Costa (ambos do CE). Gol: Kayke (aos 27 do 1T) para o ABC/RN. Cartões amarelos: Sueliton, Leandro Amaro e Ronaldo Mendes e Saulo (ABC); Nathan (Santa Cruz). Cartão vermelho: Ronaldo Mendes. Público: 5027. Renda: R$ 55.870,00.


Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, 29/5/2015

Nenhum comentário: