quinta-feira, 7 de maio de 2015

Diego Sacoman escalado


Fotografia de Peu Ricardo / Folhape

DIEGO SACOMAN ESCALADO

Fernando Veloso

Depois da contusão de Alemão, o zagueiro tricolor Diego Sacoman, 28 anos, foi confirmado no time principal do Santa Cruz e vai formar dupla de zaga com Danny Morais na estreia do time contra o Macaé, sábado, pela Série B do brasileiro.
O defensor foi revelado pelo Corinthians em 2007, depois foi emprestado ao Guarani, Ceará e por último passou pela Ponte Preta. No final do ano passado o jogador teve que se afastar do futebol por três meses devido a uma hipertofria no coração e teve a sua carreira ameçada pelo problema clinico. Mesmo com o aval de um cardiologista a diretoria da Ponte não quis renovar o contrato do atleta. Quando surgiu o convite de defender o Santa, Sacoman aceitou sabendo que seria um grande desafio e já na sua primeira competição foi campeão.
“A responsabilidade é muito grande. Missões grandes são dadas a grandes guerreiros e tenho certeza que já provamos que somos um time de garra. Fomos criticados por todo mundo no começo do ano, a equipe não vinha de um bom momento e nós no final conseguimos o título. Estou seguro que vamos colocar o Santa Cruz de volta na elite do futebol”, afirmou.
Questionado se era um reserva de luxo, Sacoman rechaçou a ideia que existe no momento uma zaga titular no Arruda. “A titularidade vai ser consequência de minhas atuações, ninguém tem vaga garantida, Ricardinho já deixou isso claro, quem estiver melhor vai jogar. Não há dúvidas de que o Danny e o Alemão fizeram um bom campeonato, mas sempre que entrei também dei conta do recado, vou ter mais uma oportunidade, espero ajuda o Santa Cruz e conseguir voltar de lá com a vitória. Se mais na frente o treinador optar por mim, vou estar pronto para entrar, se eu ficar fora, vou continuar trabalhando para conseguir minha vaga, sempre respeitei a opinião dos treinadores por onde passei”, contou Diego.
Para Sacoman o tricolor do Arruda entra na disputa com grandes chances de conquistar a vaga para Série A do próximo ano, o título da competição fica em segundo plano.
“O Santa entra na briga para subir. Nós sabemos das nossas limitações e das nossas qualidades. Vamos buscar o acesso, estamos num clube grande e o pensamento é grande também. Ser campeão é outro objetivo, o nosso principal é subir. Traçamos as metas antes do campeonato começar, depois do acesso garantido podemos pensar em título”, destacou.
O zagueiro, que ano passado conquistou o acesso à primeira divisão com a Ponte Preta, apontou os principais concorrentes na competição. “O Botafogo, o Criciúma também que sempre briga na parte de cima da tabela, o Ceará que montou uma equipe forte. Tem muitos times que podem subir esse ano, está nivelado, o Santa está entre essas equipes e acredito que no final do ano a gente vai comemorar.”

Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, Recife, 07/5/2015

Nenhum comentário: