segunda-feira, 6 de abril de 2015

Sport 1 x 1 Santa Cruz



SPORT 1 x 1 SANTA CRUZ

Em um clássico fraco tecnicamente, Sport e Santa Cruz empataram por 1x1, neste domingo (5/4), na Ilha do Retiro, na última rodada do Hexagonal do Título do Pernambucano. Os dois já estavam classificados para as semifinais. Líder, o rubro-negro (25 pontos) vai enfrentar o Salgueiro (4º, com 11), enquanto o tricolor (3º, com 14) pega o Central (2º, com 14) – o segundo jogo será em Caruaru, já que a Patativa acabou na frente do Santa pelo saldo de gols.
O Sport, que terá o Bahia, quarta-feira na primeira partida da semifinal da Copa do Nordeste, na Ilha, poupou os titulares Renê, Rithely e Wendel. Ewerton Páscoa, lesionado, e o suspenso Joelinton também não jogaram. Do outro lado, o Santa Cruz entrou com o time completo. O técnico Ricardinho ainda premiou o garoto Raniel, 18 anos, como titular. Ao mesmo tempo, escalou Bruninho para aumentar a velocidade do time ao lado de João Paulo. Na frente, Anderson Aquino e Betinho.
O JOGO
O primeiro tempo foi de muita marcação. As chances de gols foram raras. O Sport teve uma oportunidade aos 19 minutos. O zagueiro Durval fez um lançamento longo e Mike entrou entre os zagueiros, mas finalizou por cima do travessão de Fred. Em outra jogada, Régis encobriu o goleiro tricolor, mas Tiago Costa salvou quase na linha de gol.
A equipe tricolor também chegou a criar duas chances já nos minutos finais do primeiro tempo, ambas com Raniel. Na primeira, 40, ele driblou Durval e bateu em cima de Magrão. Em seguida aos 43, o meia finalizou cruzado e a bola passou rente a trave direita.
No segundo-tempo, o Santa Cruz voltou com duas mudanças, ambas por lesão. O volante Édson Sitta saiu para a entrada de Wellington César, enquanto Emerson Santos ocupou a vaga de Anderson Aquino.
O jogo ganhou em emoção. A um minuto, Samuel escapou em velocidade entrou na área e no momento de finalizar foi derrubado pelo zagueiro Danny Morais. O árbitro Luiz Cláudio Sobral marcou pênalti e expulsou o jogador tricolor. O próprio Samuel cobrou e fez Sport 1x0.
Um minuto depois, o Sport poderia ter aumentado o placar. Régis aproveitou a falha de Bruninho, penetrou na área e mandou para fora. Em seguida, aos oito, Fred errou na saída de bola e Mike arrematou, mas o goleiro coral se recuperou e defendeu para escanteio.
Com um homem a menos, restou ao Santa Cruz a força de vontade. O Sport, no entanto, desperdiçou vários contra-ataques e poderia ter até definido o clássico não fosse o preciosismo de alguns jogadores como Régis, Elber e Felipe Azevedo.
O Santa Cruz, mesmo não fazendo um bom jogo, não desistiu. Nos acréscimos, aos 48, após uma cobrança de lateral, a bola sobrou para João Paulo, de peixinho, cabecear e Magrão falhou. A bola entrou mansamente no canto esquerdo: 1x1.

FICHA DO JOGO
SPORT: Magrão; Oswaldo, Henrique Mattos (Adrielson), Durval e Danilo; Ronaldo, Rodrigo Mancha, Neto e Régis; Mike (Elber) e Samuel (Felipe Azevedo). Técnico: Eduardo Baptista.

SANTA CRUZ: Fred; Nininho, Alemão, Danny Morais e Tiago Costa; Édson Sitta (Wellington César), Bruninho (Diego Sacoman), João Paulo e Raniel; Anderson Aquino (Emerson Santos) e Betinho. Técnico: Ricardinho.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Luiz Cláudio Sobral. Assistentes: Fernanda Colombo e Karla Renata. Gols: Samuel aos 3 e João Paulo aos 48 do 2º tempo.Amarelos: Danilo, Neto, Samuel, Ronaldo, Régis, Oswaldo e Felipe Azevedo (Spo); Alemão e Tiago Costa. (Sta). Expulsão: Danny Morais (Sta). Renda e Público: não divulgados.

Fonte: JC Online

Nenhum comentário: