sábado, 4 de abril de 2015

Mesmo classificados, seremos ofensivos


MESMO CLASSIFICADOS, SEREMOS OFENSIVOS

Haim Ferreira

Já classificado para as semifinais do Hexagonal do Título, o Santa Cruz promete não se intimidar diante do líder Sport, próximo domingo (5), no Clássico das Multidões. De acordo com o técnico Ricardinho, a equipe tricolor adotará uma postura ofensiva para sair da Ilha do Retiro com a vitória e ter a possibilidade de definir o segundo jogo da semifinal diante da sua torcida. Vale lembrar que, para tal, o Central não pode vencer o Serra Talhada, também amanhã, no Sertão.
Para se lançar ao ataque, o comandante coral confirmou que vai promover apenas uma alteração em relação a equipe que venceu o Serra Talhada por 3x0, na última rodada do Campeonato Pernambucano. A modificação será justamente a entrada de um dos destaques do time naquela partida, o meia Raniel, que entrou no segundo tempo e balançou as redes na sua primeira participação no jogo.
Segundo o jogador de apenas 18 anos, ter marcado o seu primeiro gol como profissional o ajudou a ter mais motivação para o Clássico das Multidões. “Peguei um pouco mais de confiança. Eu precisava marcar este gol pra dar uma aliviada na pressão e me soltar mais. Não que eu não estivesse me sentindo à vontade, mas ajudou pra dar uma tranquilidade maior para continuar nessa sequência de jogos”, afirmou Raniel.
De acordo com o técnico Ricardinho, as características técnicas do armador o credenciaram a ser titular diante do Sport ao lado de João Paulo. “Você só consegue as vitórias se tiver um poder ofensivo bom. Nas equipes que comandei, nunca abri mão de atacar e de buscar o gol. Então, demos uma ênfase neste setor e queremos que nossos meias cheguem na frente e tenham uma boa movimentação. Eu primo muito por meias que saibam finalizar e é isso que vamos buscar nesta partida”, disse o técnico Ricardinho.
Das nove partidas do Estadual, o meia Raniel atuou em sete oportunidades, sendo três delas na equipe principal. Segundo o jogador, a nova chance no time titular é apenas uma das várias felicidades que o atleta vem tendo na temporada. “Está sendo um ano muito bom pra mim. Estou tendo muitas oportunidades, coisa que eu não tinha no ano passado. Agora é aproveitar essas chances que o professor Ricardinho está me dando para poder ajudar a equipe. Espero continuar bem e, de preferência, marcando gols”, finalizou.

Fonte: JC, Recife, 03/4/2015

Nenhum comentário: