sábado, 28 de março de 2015

Variações


Pedro Castro reapareceu

VARIAÇÕES

Felipe Amorim

O técnico Ricardinho encerrou, nesta sexta-feira (27), no Arruda, a semana de treinamentos do Santa Cruz. Sem poder contar com algumas peças, o treinador testou mais uma vez o esquema 4-5-1, utilizado uma única vez em todo o Campeonato Pernambucano, e com isso um jogador que andava esquecido reapareceu entre os titulares.
Sem o meia Raniel e os atacantes Anderson Aquino e Waldison para compor o setor ofensivo (todos estão no Departamento Médico), o treinador trabalhou algumas variações até como forma de situação de jogo. Contra o Central, pela terceira rodada, por sinal, foi a primeira e única vez que Ricardinho armou o Santa Cruz com apenas um atacante e cinco meio-campistas. Naquele 18 de fevereiro, o Tricolor venceu por 2x1, com gols de Guilherme Biteco e João Paulo, ambos frutos de passes de Betinho.
No trabalho de hoje, Betinho foi mais uma vez o único atacante do time. Apesar de contar com o jovem Gllawcyo e Nathan - o único dos 16 contratados que ainda não estreou -, o treinador armou, durante toda a movimentação, o time no 4-5-1. Por sinal, Nathan permaneceu entre os reservas até o fim do treino.
Agora a grande surpresa mesmo foi a volta de Pedro Castro. Apesar da pouca idade, o meia de 22 anos, oriundo das categorias de base do Santos, foi contratado com a responsabilidade de liderar o meio-campo tricolor. Só que bastou uma única partida, na derrota por 3x0 para o Sport, na estreia da Campeonato Pernambucano, para ele não voltar mais - e ainda foi substituído por Renatinho. Em certos momentos durante os treinos, inclusive, nem entre os reservas ele tinha espaço.
Com o reaparecimento de Pedro Castro, o time passou a ter três meio-campistas e dois volantes. A escalação foi: Fred, Nininho, Alemão, Danny Morais, Tiago Costa; Edson Sitta, Bruninho, João Paulo, Emerson Santos e Pedro Castro; Betinho.

Fonte: JC, Recife, 27/3/2015

Nenhum comentário: