terça-feira, 24 de março de 2015

O bom momento de Fred


O BOM MOMENTO DE FRED

Paulo Henrique Tavares

Sentir-se titular do Santa Cruz ainda não é uma realidade para o goleiro Fred. Nos últimos cinco dos nove jogos da equipe na temporada, lá estava ele embaixo das metas. Apesar de a vaga ter sido conquistada do companheiro Bruno, a sombra que o intimida é a de Tiago Cardoso. Amigo pessoal de Fred, por sinal. Mas o ídolo coral, com um tricampeonato Estadual no currículo, tem lugar cativo no coração de cada torcedor tricolor. Fred também tem ciência disso. Então, o arqueiro programou para si viver o momento. O melhor da vida, segundo o próprio.
“Eu tô procurando viver o momento, sabe?! Pra mim é uma comemoração a cada jogo como titular. Mesmo se eu ficar ate o final do ano, vai ser sempre jogo após jogo, semana após semana… E eu vou viver essas duas semanas como titular, vou dar a vida nos treinamentos”, disse Fred, que não escondeu estar com a cabeça no adversário das semifinais do Estadual. “Dizer que eu não penso no Central, é mentira. Porque é um sonho poder participar de uma semifinal pelo Santa Cruz. Vai ser um sonho e eu peço a Deus chegar a uma final e conquistar um título”, completou.
Tiago Cardoso sofreu uma contusão no ligamento cruzado posterior do joelho direito em novembro do ano passado. Desde lá, segue se recuperando e sua melhora evolui. Ele é aguardado para mais três meses. Assim, até o final do Campeonato Pernambucano, a tendência é que Fred siga mesmo como titular do gol coral. “Eu e o Tiago (Cardoso) temos uma relação muito boa. Ontem mesmo ele estava lá em casa com a esposa e as crianças. E ele sabe que estou torcendo pela recuperação dele. Eu fiquei feliz demais quando ele tirou a proteção do joelho. Eu torço mesmo, de coração, para que ele volte logo”, contou Fred.
Até o dia 5 de abril, quando enfrenta o Sport, pelo Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz não fará partidas oficiais. O tempo longe dos gramados não preocupa Fred, que já planeja trabalhar muito durante esse intervalo de tempo. A sua tristeza se dá pelo fato de isso ter acontecido por culpa dos próprios atletas tricolores, ano passado. Afinal, esse período terá um calendário preenchido por Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Competições que o Santa Cruz não está disputando.
“Esse ano a gente esta colhendo o ano passado. Nós não conseguimos conquistar a vaga. E o clube Santa Cruz, nós jogadores… todos perdemos muito. Estamos cientes da responsabilidade que a gente tem. Mas precisamos de nos preparar bem essas duas semanas. Entrar no clássico bem, pra chegar forte contra o Central”, afirmou Fred, que nutre expectativas de bons dias pela frente. “Como eu disse pro (Edson) Sitta: rapaz, a gente vai colher frutos bons aqui. Pelo grupo que a gente tem, pelo trabalho que a gente está fazendo. Não tenho dúvidas”, finalizou.

Fonte: Blog de Primeira, Folha de PE, Recife, 24/3/2015

Nenhum comentário: