domingo, 15 de março de 2015

Em clima de decisão


EM CLIMA DE DECISÃO

Haim Ferreira

Na amarga vice-lanterna do Campeonato Pernambucano, há duas partidas sem vencer e contando com a oitava escalação diferente em oito jogos, o Santa Cruz, sob pressão, enfrenta o Central neste domingo, às 16h, no Arruda, pelo Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano.
Mais do que a reabilitação, a partida diante dos caruaruenses é tida como uma decisão pelos tricolores, que precisam dos três pontos para continuar sonhando com a classificação às semifinais do Estadual. Com sete pontos, o clube coral divide a tabela com o Serra Talhada (4º) e Náutico (6º), que têm a mesma pontuação.
“É decisão. Não tenha dúvidas de que é com esse pensamento que estamos agora. Temos a consciência da nossa responsabilidade dentro do campeonato e estamos preparados para reverter esse quadro. Vamos jogar em casa, diante da nossa torcida, e precisamos do resultado”, afirmou o zagueiro Diego Sacoman, que fará o seu retorno aos gramados, após seis meses ausente devido a um problema cardíaco. O jogador vai substituir Alemão, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A situação é a mesma do volante Édson Sitta, que dará lugar a Wellington Cézar. Além disso, para a partida desta tarde, o técnico Ricardinho vai promover outras quatro mudanças no time titular, todas por opção tática.
Na lateral esquerda, sai Leo Veloso e entra Tiago Costa; enquanto, na direita, Nininho assume o lugar de Bileu. No meio, João Paulo e Thiaguinho, serão responsáveis pela armação. Já no setor ofensivo, a nova dupla de ataque será formada por Anderson Aquino e Waldison.
“Estamos tranquilos. Não temos motivos para desespero. Ganhando os próximos dois jogos em casa, nós vamos fazer um mais tranquilo na última rodada, contra o Sport. O mais importante é buscar o resultado, mas sem desespero. O resultado virá como consequência”, disse o meio-campo João Paulo.
Com isso, o Santa Cruz vai a campo com: Fred, Nininho, Diego Sacoman, Danny Morais e Tiago Costa, Bruninho, Wellington Cézar, João Paulo e Thiaguinho, Anderson Aquino e Waldison.
“Realizei essas mudanças porque não estava satisfeito com o rendimento da equipe nas últimas partidas. Espero que agora o time engrene e nós possamos nos classificar para as semifinais, afinal, o objetivo é o título”, finalizou o técnico Ricardinho.

Fonte: JC, Recife, 15/3/2015

Nenhum comentário: