segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Ninguém merece!


NINGUÉM MERECE!

Clóvis Campêlo

Amigos tricolores e quejandos:
Eu, Renato Boca-de-Caçapa e muita gente boa, todos nós acreditamos que o Santinha perdeu o jogo de sábado passado, contra o Fortaleza, no Arruda, depois das duas substituições que o treinador Zé Teodoro fez na equipe, no intervalo de primeiro para e o segundo tempo.
Todos nós sabemos que Teodoro não perde nunca a oportunidade de encostar a bunda na parede, trauma este que ele traz de tempos dantanhos.
Viramos o primeiro tempo ganhando por 1x0 e as expulsões, um zagueiro e um cabeça de área em cada lado, nos deixaram exatamente em pé de igualdade com o adversário.
Para nossa surpresa, voltamos para o segundo tempo sem Renatinho e Luciano Henrique, dois homens que vinham criando do meio campo coral para a frente, dominando o meio de campo adversário e criando boas situações para o nosso ataque. Tirar esses dois jogadores foi com cortar as pernas da nossa equipe. Acabou a criatividade, muito embora fosse preciso recompor a zaga. Acredito que para isso, até mesmo Dênis Marques poderia ter sido sacado do time já que foi uma figura apática durante o jogo e com uma atuação atípica, chegando mesmo a ser vaiado pelo imensa torcida coral presente ao Arruda. mais uma vez, achamos que Zé pisou na bola e deu a chance de que o Fortaleza precisa para ganhar.
Como não sou muito chegado a acreditar em milagres, acho que dançamos. Precisamos, agora, ter o cuidado de não ficarmos entre os quatro piores da Série C e sermos novamente rebaixado. Ninguém aguentaria isso. Seria uma catástrofe coral.
O Luverdense está vindo por aí. É mais um time perigoso que vamos enfrentar. Vamos rezar e pedir a Deus e seu ajudante de ordens que o time se ilumine e faça uma boa apresentação. Ganhar, já é outra coisa. Mas, que, pelo menos, não perca mais uma dentro de casa. Ninguém merece a Série D novamente.

Nenhum comentário: